Ser bonzinho…

Post escrito originalmente em 29 de maio de 2011.


Olá, pessoal! 🙂 Como vão?

O assunto do post de hoje é sobre “ser bonzinho“. Qualidade que é confundida, muitas vezes, com o “ser trouxa“.

Ser bonzinho...
Ser bonzinho… – Foto retirada deste site.

Pasmem, não é a mesma coisa! Uma pessoa muito boazinha, que ajuda o máximo à todos, que aceita as brincadeiras numa boa, que sempre procura a melhor forma de falar as coisas para os outros (por pensar nos sentimentos desta), et., muitas vezes é julgada como “trouxa”. Começam a abusar, pedindo favores demais, dão risada dela por trás, começam a fazer brincadeiras mais pesadas, às vezes, até a ofendendo; e elas mesmas se justificam: “Ah! Ele(a) é bonzinho mesmo, não vai achar ruim!”.

No entanto, existe uma grande diferença entre ser bonzinho e ser trouxa. Aliás, classificar alguém como “trouxa” é uma atitude de pessoa ignorante. Trouxa, como sinônimo de “bobo”, “idiota”, etc., não existe. Cada pessoa é única e especial, tendo qualidades e defeitos; facilidades e dificuldades. O bonzinho não é, em absoluto, um tolo. É alguém que se sente bem fazendo o bem. Quem deveria ser mal visto é quem abusa de pessoas assim.

Podem haver os que agem como bonzinhos por não saber falar “não”. No entanto, estes também não são trouxas, apenas não possuem autoconfiança e/ou coragem suficientes (ou, podem haver outros motivos, cada pessoa é diferente, possuem medos, traumas e dificuldades diferentes, por isso, não é correto julgá-las e nem se aproveitar delas.). Nesse caso, abusar delas é uma crueldade ainda maior. É como um grego zombar de um brasileiro por não entender seu idioma, e se aproveitar disso. Não faz sentido.

Há também os que dizem que os bonzinhos são só uma fachada para que os outros os vejam com bons olhos, e para serem bem aceito nos grupos sociais. Talvez haja sim quem tome estas atitudes com estas finalidades, porém, creio que ações que não são baseadas na sinceridade, são descobertas e/ou percebidas cedo ou tarde. Acredito sim que existam pessoas boazinhas e sinceras, que os são por enxergar o próximo como um ser humano, com pensamentos e sentimentos distintos.

Por isso, aos bonzinhos demais eu digo para que tomem cuidado! Eu acho que esta é uma qualidade maravilhosa, mas deve-se atentar para que as outras pessoas não abusem da sua bondade, e nem montem em cima de vocês! Fico chateado quando vejo uma pessoa boazinha sendo feita de boba. Não entendo o que se passa na cabeça desses indivíduos que tem coragem de provocar e rir de alguém assim. Chega a ser desumano!

E aos bonzinhos que já perceberam tudo isso, digo que não desistam de ser quem são! Um dia, valerá a pena! Um dia, encontrarão pessoas que valorizarão e admirarão as suas qualidades. É preciso atentar para as pessoas que não merecem a sua bondade e respeito!

Bom, por hoje é só!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s