Crítica à Guerra dos Sexos


Post escrito originalmente em 02 de março de 2014.


Olá pessoas! 🙂 Como estão?

No post de hoje discorrerei sobre a famosa Guerra dos Sexos (obs.: não estou falando da novela da Rede Globo!).

É chamado de Guerra dos Sexos, a “rivalidade” entre homens e mulheres, onde um tenta provar que é melhor e mais importante que o outro. Às vezes, geram discussões que se transformam em verdadeiras guerras, onde eles acabam sendo chamados de machistas e elas de feministas… E, ao meu ver, nunca tem uma conclusão construtiva.

Guerra dos Sexos
Guerra dos Sexos – Imagem retirada deste site. (Fundo acrescentado por mim).

Para começar, por qual motivo é necessário provar que a mulher é melhor que o homem, e vice-versa? Sendo que, acredito eu, ambos os lados concordam que somos todos humanos e, cada um, independentemente do sexo, tem suas qualidades e carências individuais.

Acredito que tudo começou nos tempos antigos, onde a mulher visivelmente tinha menos direitos que o homem, fazendo-a se sentir desvalorizada. Aos poucos, com muito esforço, as mulheres foram conquistando seu espaço e reconhecimento, avançando em direção da “igualdade”. E isso, certamente, provocou uma estranheza e incômodo por parte dos homens.

Mas não acho que seja essa a causa da tal rivalidade, mas sim as piadinhas machistas que os homens fazem, tentando rebaixar as mulheres. E, ainda que em menor proporção, a atitude de algumas mulheres bem-sucedidas que agem com superioridade em relação aos homens (não percebendo que ela está fazendo a mesma coisa que os homens faziam quando as “dominavam”.). O problema é que, o agir desses homens e dessas mulheres acabam sendo vistas de forma generalizada.

Isso é muito perceptível entre casais. Hoje, a mulher tem que trabalhar fora, pois senão, ela é inferior (não entendo o porque deste pensamento), e o marido vai “estar por cima“. No entanto, se a mulher ganhar mais que o homem, este é um fracassado, sendo portanto, inferior à sua esposa… Quanta besteira!

Uma vez, minha mãe me contou sobre uma entrevista que ela viu na televisão com várias mulheres casadas. Dentre elas, somente uma era dona de casa. Todas as demais entrevistadas ficaram espantadas e perguntaram para ela se não se sentia inferiorizada. A resposta dela foi sensacional, e merece elogios!

Ela disse que se casou por amor, que são um casal, formando uma família JUNTOS! Então, o dinheiro que ele ganha no serviço, não é dele, e sim DELES! Não existe superior nem inferior, são iguais, estão lutando juntos para ter uma vida feliz! Simples assim!

Que mulher admirável! Não estou dizendo que a mulher não deve trabalhar fora. Se esta for realmente a sua vontade, ela deve sim! Mas se ela for trabalhar única e exclusivamente para não se sentir inferior ao marido, aí acho que ela está perdendo tempo de sua vida.

Outro problema é que as pessoas não enxergam o trabalho de casa como trabalho. Embora este seja muito mais desgastante do que muitos outros serviços. Penso que se a mulher decidiu ser dona de casa, é para cuidar do lar, não só para seu marido, mas para ela mesma! Afinal, serviço de casa precisa ser feito, independentemente de trabalhar fora ou não. A dona de casa apenas decidiu dedicar-se mais a isto do que as outras! (O que não acho que deva ser usado como desculpa para o homem não ajudar em casa!).

Seguindo toda esta linha de raciocínio, percebem que a Guerra dos Sexos é totalmente sem sentido?

Acho que o que falta nos casais de hoje é olhar menos para o “EU” e prestar mais atenção no “NÓS”. Deveriam se preocupar mais em ver se o(a) parceiro(a) está feliz, se tem sonhos, o que ele(a) está sentindo… Deveriam conversar mais sobre os sonhos e objetivos um do outro e ver como ajudar a alcançá-los! Afinal, existem os sonhos compartilhados pelo casal, e também, os sonhos individuais de cada um! Será que os casais não estão deixando escapar sonhos importantes do parceiro(a)?

Ao meu ver, homem e mulher são igualmente humanos! Por tanto, devem ser tratados com igual respeito. Claro, há diferenças fisiológicas e de comportamento entre ambos, mas isso também deve ser respeitado. Por exemplo, a mulher, uma vez por mês, fica mais sensível, com o humor irregular. O homem costuma ser menos emotivo e mais racional, não percebendo detalhes importantes, enquanto a mulher já é mais emotiva, atenta a detalhes e sentimentos do próximo. Por outro lado, o homem, na maioria das vezes, é mais prático. Esses contrastes, ao meu enxergar, é perfeito! Pois assim, o casal se completa!

Talvez, pelo fato dela ser mais sensível, Deus fez a mulher gerar os filhos. E acho importante a presença constante da mãe ao lado de seu bebê, pois o amor materno é insubstituível, coisa que nenhum homem é capaz de dar. Enquanto a figura do pai é importante também, mas em outros sentidos. Enfim… Acho que entenderam o que quis dizer!

Apesar de homens e mulheres terem valores iguais a serem respeitados, vejo que tem ocorrido muito, principalmente no Brasil, mas no mundo inteiro também, a desvalorização da mulher pela própria mulher. Ela tornou-se objeto de desejo masculino, e nem ao menos se dá conta disso, à partir do momento que ela mesma se mostra como objeto. Claro, não são todas, na verdade é apenas uma parcela das mulheres que fazem isso, mas todas as demais “pagam o pato” por conta disso, pois os homens (em sua maioria) acabam vendo-as dessa forma por causa desta pequena parcela. Mas isso já é assunto para outro post…

Claro, tudo isso é minha opinião! Mas deixo aberto para discussões, desde que sejam conversas construtivas e não ofensivas!

Bom, por hoje é só!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s