Choujin Riumi

Post escrito originalmente em 02 de maio de 2015.


Olá pessoal! Como andam? 🙂

Hoje quero apresentar a vocês minha nova personagem, a Choujin Riumi (蝶人 理羽美).

Choujin Riumi (蝶人 理羽美)
Choujin Riumi (蝶人 理羽美)

Depois de muito tempo parado, este é meu primeiro desenho feito no CorelDRAW X7, embora tenha usado o Adobe Photoshop CC 2014 para o sombreamento.

CONCEPÇÃO:

Muitas vezes, pessoas que nos são queridas passam por dificuldades e/ou enfrentam problemas complicados, e não raramente não podemos fazer muito por elas, além de escutar os desabafos e deixá-los(as) compartilhar seus pesares conosco.

No entanto, sinto-me frustrado por não poder fazer mais por estas pessoas. Pensando nisso, criei esta personagem.

Riumi é uma Borboleta Humana (Choujin/蝶人). Ela é a última de sua espécie, que tem como principal característica, usar um único tipo de magia, que tem como efeito trazer bons sentimentos para um indivíduo. No entanto, esta magia consome muita energia de Riumi, por isso, se usá-la muitas vezes seguidas, ela corre risco de morte.

Inicialmente, ela teria uma aparência mais próxima com a de uma borboleta, mas conforme o desenho foi evoluindo, fui modificando e acabou tornando-se mais humanoide.

As asas são constituídas de vários corações, já que sua magia está relacionada com bons sentimentos, não há simbologia mais adequada para tal. Afinal, a função destas é exatamente utilizar esta maravilhosa habilidade.

No entanto, este é o maior motivo de frustração da personagem, pois, por ter asas, ela sonha em voar. Todavia, por mais que se esforce, nunca consegue.

A tiara que ela usa, é uma referência ao mangá/anime Sailor Moon (セーラームーン), no qual a personagem é fã(!). – Como ela conhece este, sendo que ela vive em outro mundo, isso ainda será revelado.

Quem quiser desejar um “bom dia“, utilizando a magia de Riumi, a alguém que esteja precisando, pegue a imagem abaixo e coloque o nome da pessoa na linha vazia (Clique na imagem para baixar):

Magia de Riumi
Magia de Riumi

Podem imprimir, escrevendo a mão depois. Ou, se preferirem enviar via internet, abram a imagem no Paint ou outro editor de imagem, e digitem o nome desejado, salvando em seguida.

Enviar isso a alguém que precisa, pode não melhorar a situação que ela está vivendo, porém, quem sabe, não a faça sorrir por um instantinho. Além disso, é uma forma de esta pessoa saber que ela não está sozinha.

ETIMOLOGIA DO NOME:

O nome “Riumi” é escrito em japonês com os caracteres “理羽美“, que separadamente possuem os seguintes significados:

  • 理 (ri): lógica, razão, verdade
  • 羽 (u): penas (de asas), em poemas e músicas pode ser entendido como asas
  • 美 (mi): beleza, bela

Este nome não existe, foi criado por mim. O que eu quis passar com este é a essência dela: “A razão das asas belas“. Este significado está intrinsecamente ligado à personalidade de Riumi.

HISTÓRIA:

Riumi foi encontrada por Haruka quando ela ainda era uma criança, nas ruínas de uma cidade que foi destruída por um misterioso raio que veio do céu.

Haruka, apesar de não ter tanta diferença de idade em relação a Riumi, a criou com muito carinho, como se fosse uma irmã mais velha, com ajuda de sua mãe.

Ela é a única de sua espécie, pelo menos, ninguém nunca havia encontrado com um Humano Borboleta até então. Mesmo na cidade onde ela foi encontrada, antes da destruição, haviam apenas flores e frutas morando lá.

Com o passar dos anos, quando suas asas amadureceram, ela tentou voar por diversas vezes. Porém, nunca obteve sucesso. Em uma de suas tentativas, um Melão mal-humorado estava assistindo de longe a jovem Riumi, quando ele ficou irritado o suficiente para chamá-la de inútil, por não conseguir voar, apesar de ter asas.

O sentimento de tristeza foi tão grande que Riumi manifestou sem querer a sua magia pela primeira vez, as asas brilharam, assustando o Melão e a própria Mulher Borboleta. Em seguida, o brilho envolveu a fruta ranzinza, mudando completamente seu humor.

O Melão, que agora sentia-se em harmonia e serenidade, até chorou pedindo perdão pelo que havia dito anteriormente.

Riumi ficou feliz com a descoberta e, depois de treinar muito, aprendeu a usar a magia quando quisesse. No entanto, ela continuou frustrada por não conseguir voar. Seu sonho ainda não mudara.

Certa vez, quando um festival que ocorreria no reino foi cancelado, por causa da previsão de uma tempestade, Riumi ficou triste ao ver as crianças chorando. Então, ela resolveu utilizar sua magia para deixá-las todas alegres. O resultado foi satisfatório, no entanto, a bondosa borboleta desmaiou.

No hospital, disseram que ela havia esgotado toda a sua energia, ficando em coma, correndo risco de perder a vida. Haruka, desesperada, saiu para uma viagem, visando encontrar a Fruta Milagrosa, que conhece poções mágicas poderosas, objetivando salvar a vida de Riumi.

Com a ajuda de Kiwi e Mika, eles conseguem encontrar a Fruta Milagrosa, que resolve ajudar com prazer a princesa do reino.

Após recuperar a consciência, Haruka faz sua irmã de criação prometer que nunca mais exageraria no uso de sua magia.

Futuramente, pretendo escrever histórias e/ou produzir vídeos com esta personagem.

Por hoje é só!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s