[Tribalistas] Velha Infância

Post escrito originalmente em 25 de novembro de 2014.


Olá a todos! 🙂 Tudo bem?

Para variar um pouco, vou postar hoje a letra de uma música nacional! Ela é cantada pelo trio Tribalistas. O título é “Velha Infância“, e ela é a terceira faixa do álbum que leva o nome do grupo, lançado em abril de 2002. A música está presente também, em uma versão “ao vivo” no álbum “Tribalistas Ao Vivo“, lançado em 2019, sendo a décima faixa.

As duas versões estão disponíveis no Spotify:

Sem mais, vamos à letra:

CD - Tribalistas
CD – Tribalistas

Velha Infância
Intérprete: Tribalistas
Letra/Composição/Arranjo: Arnaldo Antunes・Carlinhos Brown・Marisa Monte・Davi Moraes・Pedro Baby

Você é assim
Um sonho pra mim
E quando eu não te vejo

Eu penso em você
Desde o amanhecer
Até quando eu me deito

Eu gosto de você
E gosto de ficar com você
Meu riso é tão feliz contigo
O meu melhor amigo é o meu amor

E a gente canta
E a gente dança
E a gente não se cansa
De ser criança
Da gente brincar
Da nossa velha infância

Seus olhos, meu clarão
Me guiam dentro da escuridão
Seus pés me abrem o caminho
Eu sigo e nunca me sinto só

Você é assim
Um sonho pra mim
Quero te encher de beijos

Eu penso em você
Desde o amanhecer
Até quando eu me deito

Eu gosto de você
E gosto de ficar com você
Meu riso é tão feliz contigo
O meu melhor amigo é o meu amor

E a gente canta
A gente dança
A gente não se cansa

De ser criança
A gente brinca
A nossa velha infância

Seus olhos meu clarão
Me guiam dentro da escuridão
Seus pés me abrem o caminho
Eu sigo e nunca me sinto só

Você é assim
Um sonho pra mim
Você é assim

Você é assim
Um sonho pra mim
Você é assim

Você é assim

Música que expressa um amor de infância, de forma simples e bonitinha! Não há como negar que os amores da infância ficam para sempre em nossa memória!

Lembro-me que cantei essa música num recital da Allegro Vivace, antes da música “Mais Uma Vez“, de Renato Russo.

Para quem quiser ver a o clipe (via YouTube):

Por hoje é só!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!

[Guilherme & Santiago] Azul

Post escrito originalmente em 24 de outubro de 2013.


Olá pessoas! 🙂 Como vão?

Hoje passando rapidinho para postar uma música que eu gosto bastante! Chama-se Azul, da dupla Guilherme & Santiago.

Ela está contida no álbum “Azul“, sendo a sétima faixa.

Guilherme & Santiago - Azul
Guilherme & Santiago – Azul
Copyright © Sony Music Entertainment (Brasil) I.C.L. All rights reserved.

A música está disponível no Spotify:

Sem mais, vamos à letra:

Capa do álbum “Azul”.
Capa do álbum “Azul”.
Copyright © Sony Music Entertainment (Brasil) I.C.L. All rights reserved.

Azul
Cantor: Guilherme & Santiago
Composição: Gustavo Santander / Flavio Santander

Foi na manhã em que eu te encontrei
Quando a brisa tocava sua doce pele
Teus olhos tristes que eu adorei ver
Na noite em que eu te amei, azul

Quando em silêncio por fim te beijei
Sentir lá dentro nascer esse amor azul
Olho pro céu e em você posso ver
A estrela que eu sempre sonhei

Azul, e esse amor é azul como o mar azul
Como no coração uma doce ilusão
Azul como a lágrima quando há perdão
Tão puro e tão azul que entra no coração
E esse amor é azul como o mar azul
Como o azul do céu que ilumina a paixão
Azul como a estrela do meu coração
Uma estrela azul que me enche de amor

Como um milagre que tanto esperei
É a garota que eu sempre sonhei, azul
Tua inocência que eu quero entender
Seu príncipe azul eu serei, azul

São mil loucuras de amor com você
Raio de lua será para mim azul
E como a chuva pintada de azul
Sempre será só você…

Azul, e esse amor é azul como o mar azul
Como no coração uma doce ilusão
Azul como a lágrima quando há perdão
Tão puro e tão azul que entra no coração
E esse amor é azul como o mar azul
Como o azul do céu que ilumina a paixão
Azul como a estrela do meu coração
Uma estrela azul que me enche de amor

Azul, e esse amor é azul como o mar azul
Como no coração uma doce ilusão
Azul como a lágrima quando há perdão
Tão puro e tão azul que entra no coração
E esse amor é azul como o mar azul
Como o azul do céu que ilumina a paixão
Azul como a estrela do meu coração
Uma estrela azul que me enche de amor

E esse amor é azul como o mar azul
Como no coração uma doce ilusão
Azul como a lágrima quando há perdão
Tão puro e tão azul que entra no coração
E esse amor é azul como o mar azul
Como o azul do céu que ilumina a paixão
Azul como a estrela do meu coração
Uma estrela azul que me enche de amor

E esse amor é azul como o mar azul
Como no coração uma doce ilusão
Azul como a lágrima quando há perdão
Tão puro e tão azul que entra no coração
E esse amor é azul como o mar azul
Como o azul do céu que ilumina a paixão
Azul como a estrela do meu coração
Uma estrela azul que me enche de amor

Adoro essas músicas super românticas! E, sem malícias. Difícil encontrar músicas assim ultimamente, né? Outro ponto atraente desta faixa é as analogias com elementos da natureza. Acho que isso enriquece a letra como arte.

Quem quiser ouvir, é esta música (via YouTube):

Por hora é só!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!

[Yasmin Gontijo] Declaração

Post escrito originalmente em 13 de março de 2012.


Olá para todos! 🙂 Como vão?

Não sei porque, mas hoje me lembrei de uma música antiga que eu gostava quando era menor! Quando a ouvi pela primeira vez, ela estava creditada erroneamente como “Sandy“, só tempos depois que descobri que a cantora era a Yasmin Gontijo (Laís Yasmin Lucas Gontijo). O título é “Declaração“.

Imagem promocional do álbum “Yasmin”.
Imagem promocional do álbum “Yasmin”.
Copyright © DeckDisc. All rights reserved.

A música é a primeira faixa do álbum “Yasmin”, e está disponível no Spotify:

Sem mais, vamos à letra:

Capa do álbum “Yasmin”.
Capa do álbum “Yasmin”.
Copyright © DeckDisc. All rights reserved.

Declaração
Intérprete: Yasmin Gontijo
Letra: ???
Composição: ???
Arranjo: ???

Eu vou revelar um segredo
Que eu não contei pra ninguém
Mas vou contar pra você
Se prometer não espalhar…

Já faz um tempo que
Eu me encantei
Com um certo alguém
Mas eu ainda não sei
Se posso me entregar…

Por isso
Eu vou fazer uma declaração
Pra registrar
O que passa no meu coração…

Eu declaro “pros” devidos fins
Que agora eu te quero só pra mim
Se quer saber:
Amo você, te esconder
Isso não tem sentido
Oh! não tem não!…

Sem mais
Eu vou ficando por aqui
Vou esperar você ligar pra mim
Se responder, eu vou saber
Que quer também
Ficar pra sempre comigo
Ahan! Ahan! Ahan! Yeah!…

Eu vou revelar um segredo
Que eu não contei pra ninguém
Mas vou contar pra você
Se prometer não espalhar…

Já faz um tempo em que
Eu me encantei
Com um certo alguém
Mas eu ainda não sei
Se posso me entregar…

Por isso
Eu vou fazer uma declaração
Pra registrar
O que passa no meu coração…

Eu declaro “pros” devidos fins
Que agora eu te quero só pra mim
Se quer saber:
Amo você, te esconder
Isso não tem sentido
Oh! não tem não!…

Sem mais
Eu vou ficando por aqui
Vou esperar você ligar pra mim
Se responder, eu vou saber
Que quer também
Ficar pra sempre
Ahan! Ahan! Ahan! Yeah!…

Pra sempre comigo!
Pra sempre comigo
Pra sempre comigo…

Eu vou revelar um segredo
Que eu não contei pra ninguém
Mas vou contar pra você
Se prometer não espalhar…

Quem quiser ouvir:

Como lembrei dela, decidi postar! 🙂 Ela é bem docinha, sinto falta de músicas assim, por aqui! Uma letra inocente, de amor puro.

Por hoje é só!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!