Aniversário – Mamis – 2017

Olá a todos! 🙂 Como vão?

Hoje é um dia muitíssimo especial! É o nascimento de alguém muito importante neste mundo: minha mãe! Por isso, quero deixar aqui meu pequeno cartãozinho:

FELIZ ANIVERSÁRIO PARA MELHOR MÃE DO MUNDO!!!

Mamis, que Deus sempre abençoe seu caminho! E que a Felicidade, a Saúde, a Prosperidade e a Harmonia sempre sejam suas mais fiéis companhias!

Muito obrigado por ser a Melhor Mãe do Mundo!!!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços a todos! E um BEIJÃO ESPECIAL para minha Mãe!!!

Protegido: Feliz Dia das Mães 2017 – Para a melhor mãe do mundo!

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:

Família Ideal

Post escrito originalmente em 13 de maio de 2012.


Olá para todos! 🙂 Tudo bem?

No post de hoje, falarei sobre o que penso ser uma família ideal! Que, aliás, é o que sonho um dia sonhei em construir.

Família Ideal
Imagem retirada deste site.

Ao meu ver, o principal fator em uma família é a união! A amizade e confiança entre todos os membros desta. Isso implica em cumplicidade entre pais e filhos, ou seja, qualquer problema que surja na vida de qualquer um, poderá ser compartilhado e, juntos, poderão buscar uma solução.

Cada membro da família (pais, filhos e irmãos) devem se conhecer verdadeiramente. O interesse pelos gostos de cada um, conhecer os sentimentos e os sonhos um do outro. E, o apoio mútuo para que todos possam alcançá-los.

Pai e mãe devem se amar incondicionalmente, serem carinhosos um com o outro, inclusive na presença dos filhos, servindo de exemplo de como deve ser um casal. (Claro, carinhos moderados, sem intimidade na frente dos pequenos, né? ^.^).

Em relação à educação do filho, antes de tudo, deve-se dar muito amor e carinho às crianças, para que elas entendam que são amadas pelos pais, e que quando precisarem podem contar com eles. As broncas devem ser evitadas, e quando eles errarem, devem lhes ser chamado a atenção, mas nunca de forma brusca. É possível manter a autoridade sem precisar partir para a ignorância. Afinal, as crianças costumam espelhar-se nos pais, tomando tal atitude, é o mesmo que ensinar a intolerância, agressividade e embutir o medo nelas. O ideal é sempre explicar claramente, de forma séria e direta, o porque é errado, conversar e esclarecer as possíveis dúvidas desta. Agredir a criança, nem pensar!

Se um dia os pais se descontrolarem e se irritarem com os filhos, os pais devem se desculpar, abraçar a criança e dizer que as ama. O mesmo vale para os filhos, quando errarem com os pais, devem pedir perdão, e em ambos os casos, ele deve ser concedido.

Deve-se tomar cuidado para não ser superprotetor com os filhos, para que eles aprendam a se virar. Mas estar sempre atento em sua segurança. É preciso deixar a criança “quebrar a cara” tentando fazer, seja lá o que for (desde que seja algo construtivo), recebendo incentivo dos pais. Um conselho, uma dica ou um ensinamento são sempre bem-vindos também! Isso desenvolve a autoconfiança, muito importante para a vida desta. Ajudar sempre, ou fazer tudo pelo(a) pequenino(a), é o mesmo que dizer “você não é capaz de fazer isso, deixe-me ajudar/fazer por você”. E, quando ele(a) precisar fazer aquilo, terá dificuldades, pois o maior obstáculo ao tentarmos fazer algo é o medo de falhar/insegurança. E, se a criança falhar, deve-se animá-lo, dizendo que foi muito bem, reconhecendo o esforço, e incentivando para que ele(a) consiga numa próxima vez.

Antes de falar algo à criança, os pais devem entrar em consenso, para que não ocorra de o pai dizer uma coisa e a mãe o oposto. Quando isso ocorre, o(a) filho(a) fica confuso(a). E se isso for frequente, a criança acaba deixando de obedecer ambos, seguindo o que lhe der na telha.

O respeito deve prevalecer entre todos os membros da família! Se a mãe desrespeitar o pai ou vice-versa, na frente dos filhos, o moral do desrespeitado para com os filhos diminui, e se isso acontece, as crianças passam a não confiar nem respeitar este. Isso desestabiliza a harmonia no lar.

Deve-se sempre cuidar para que os pequenos cresçam com um bom caráter, pessoas de respeito, porém, preparadas para enfrentar este mundo com dignidade e honestidade.

Durante as refeições, todos devem conversar alegremente! Nada de assistir TV enquanto comem. Com o ritmo dos dias de hoje, as horas das refeições são um dos poucos momentos em que a família se reúne, portanto, é essencial a família dialogar e se divertir neste momento.

Apesar disso, acredito que os familiares deve sempre se esforçar para passarem o máximo de tempo juntos! Seja um momento a dois do casal, seja pai e filhos, ou mãe e filhos… mas, o ideal, é a família toda junta! Deve-se dialogar sempre que possível! Em uma família ideal nunca se tem receio de falar, pois, por haver confiança, todos podem dizer o que sentem, sem medo ou vergonha!

Um de meus sonhos é formar uma família mais ou menos assim, o que considero ser uma família ideal! 🙂 (meu sonho).

Bom, por hora é só!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!

Pais e Sogros

Post escrito originalmente em 05 de janeiro de 2012.


Olá para todos! 🙂 Como vão?

No post de hoje falarei sobre a relação entre genro (nora) e sogros, que para muitos, não é um assunto muito agradável.

Pais e Sogros
Foto retirada deste blog.

Acredito que no mundo inteiro, o senso comum (ênfase para as aspas) diz que sogra e nora não se dão bem… Tanto que existem inúmeras piadas em relação a esse assunto, sendo algumas de muito mau gosto. E, quando se presencia casos em que assim o é, é visto por muitos como “normal“.

Mas será que sogra e nora tem que ter um relacionamento assim?

Ao meu ver, os sogros seriam como segundos pais, portanto, deveríamos amar e respeitá-los, da mesma forma como amamos e respeitamos nossos próprios pais. E deveríamos lhes ser gratos, pois foram os nossos sogros que colocaram no mundo, educaram e criaram nossa alma gêmea! É algo tão óbvio, que ao meu ver, as pessoas deveriam estranhar a ausência dessa gratidão.

Na maioria das vezes, tudo começa com o receio inicial que se tem, principalmente entre sogra e nora (podendo ocorrer também entre genro e sogros), que, ao conhecer seus sogros já vai com o pensamento “acho que eles não vão gostar de mim”. E a sogra(o) já pensa “minha nora (genro) não vai com a minha cara”. Esse pensamento, mesmo que inconsciente, é captado por ambos os lados, e é por isso, que geralmente sogros não se dão bem com noras (genros). O encontro inicial já é realizado com ambos os lados na defensiva (mentalmente, é claro).

Obviamente, estou falando no geral. Há muitos sogros que se dão bem com seus(suas) respectivos genros(noras), o que deveria ser o comum.

Outra possibilidade que pode ocorrer, é a sogra guardar em seu interior o sentimento de que a nora está lhe “roubando” o amor do filho. O principal argumento de quem pensa dessa forma, é que foi ela a responsável de colocar ele no mundo, além de ter se dedicado a criar, educar e cuidar do filho. Claro que ela tem o mérito de tudo isso, e é exatamente por isso que o sentimento de gratidão para com os sogros é importante. Todavia, não significa que a mãe tenha direito exclusivo do amor dele, e muito menos, que ele seja um pertence de sua mãe. Para começar, o amor que o filho sente pelos pais não muda em nada quando ele encontra o amor da sua vida.

Se houver amor e respeito sinceros em relação aos sogros, certamente estes irão reconhecer e retribuir esses sentimentos. Em uma união, nenhuma família perde seus filhos(as), pelo contrário, ganham um(a).

Eu ainda não tenho sogros, mas desde já, sempre agradeço a eles (seja lá aonde eles estão), por terem dado a luz e criado a minha alma gêmea! Desejo poder amá-los como amo muito os meus pais!

Muitas das coisas que escrevi neste post eu já tinha em mente, porém, me foi reforçado ao ler o livro “ASSIM SE CONCRETIZA O AMOR” do mestre Masaharu Taniguchi, fundador da SEICHO-NO-IE!

ASSIM SE CONCRETIZA O AMOR - Livro de Masaharu Taniguchi.
ASSIM SE CONCRETIZA O AMOR – Foto de Elson Diogo Masuzawa

Bom, é isso! Até a próxima!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!
Abraços!

Você sabe o que significa FAMÍLIA em inglês?

Post escrito originalmente em 12 de maio de 2012.


Olá para todos! Como vão? 🙂

Hoje vou falar de um e-mail que recebi de minha querida e eterna professora Flailda, sobre o significado de família em inglês: “family“.

Tropecei em um estranho que passava e lhe pedi perdão. Ele respondeu: “desculpe-me, por favor; também não a vi.” Fomos muito educados, seguimos nosso caminho e nos despedimos.

Mais tarde, eu estava cozinhando e meu filho estava muito perto de mim. Ao me virar quase esbarro nele. Imediatamente gritei com ele; ele se retirou sentido, sem que eu notasse o quão dura que lhe falei.

Ao me deitar Deus me disse suavemente: “Você tratou a um estranho de forma cortês, mas destratou o filho que você ama. Vá a cozinha e irá encontrar umas flores no chão, perto da porta. São as flores que ele cortou e te trouxe: rosa, amarela e azul. Estava calado para te entregar, para fazer uma surpresa e você não viu as lágrimas que chegaram aos seus olhos…”. Me senti miserável e comecei a chorar. Suavemente me aproximei de sua cama e lhe disse: “Acorde querido! Acorde! Estas são as flores que você cortou para mim?” Ele sorriu e disse: “Eu as encontrei junto de uma árvore, e as cortei, porque são bonitas como você, em especial a azul.” Filho, sinto muito pelo que disse hoje, não devia gritar com você. Ele respondeu: “está bem mamãe, te amo de todas as formas.” Eu também te amo e adorei as flores, especialmente a azul…

Entenda que se você morrer amanhã, em questão de dias a empresa onde você trabalha cobrirá seu lugar. Porém, a Família que deixamos sentirá a perda pelo resto da vida. Pense neles, porque geralmente nos entregamos mais ao trabalho que a nossa Família. Será que não é uma inversão pouco inteligente?

Então, que há detrás desta história? Você sabe o significado de Família em inglês?

F A M I L Y: “Father And Mother I Love You” (Papai e Mamãe, eu os amo).

Compartilhe essa mensagem com quem você se importa. Se você não fizer, ninguém morrerá, nenhuma tragédia ocorrerá, mas perderá a oportunidade de dizer aos demais: pense mais em sua Família.

QUE DEUS ILUMINE E PROTEJA TODAS AS FAMÍLIAS!!!

Já falei sobre cuidar dos pais e avós no post anterior, e esse e-mail reforça mais uma vez a importância da família! Desta vez sob um ponto de vista diferente do de antes.

Muitas vezes estamos tão ocupados com o trabalho, estudos e/ou com outras atividades do dia a dia, que também têm a sua importância, e acabamos esquecendo-nos do mais essencial em nossas vidas: a família!

Nos preocupamos em tratar bem as pessoas que não conhecemos, em agradar e sermos prestativos com nossos chefes, superiores e colegas de trabalho (o que deve ser feito, com certeza), mas não deveríamos deixar de fazer o mesmo com nossas famílias, com as pessoas que amamos.

Deveríamos entender que quando nosso lar (família) está em harmonia, nossa vida, automaticamente, se harmoniza também.

Bom, por hoje é só!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!

A tirinha que emocionou o mundo

Post escrito originalmente em 29 de abril de 2011.


Olá a todos!! 🙂 Como vão?

Hoje transcreverei e comentarei sobre um e-mail, enviado por meu pai, que realmente me emocionou!

Vou transcrevê-lo a seguir:

A tirinha que emocionou o mundo

“Quando você era bem pequeno…

…eles gastavam horas lhe ensinando a usar talheres nas refeições…

… ensinando você a se vestir, amarrar os cadarços dos sapatos, fechar os botões da camisa…

… Limpando-o quando você sujava suas fraldas, lhe ensinando a lavar o rosto, a se banhar, a pentear seus cabelos…

…lhe ensinando valores humanos…

Por isso…

…quando eles ficarem velhos um dia… e seria bom que todos pudessem chegar até aí (não preciso explicar…não é?)

…quando eles começarem a ficar mais esquecidos e demorarem a responder…

…não se chateie com eles…

…quando eles começarem a esquecer de fechar botões da camisa, de amarrar cadarços de sapato…

…quando eles começarem a se sujar nas refeições…

…quando as mãos deles começarem a tremer enquanto penteiam cabelo…

…por favor, não os apresse…porque você está crescendo aos poucos, e eles envelhecendo…

…basta sua presença

… sua paciência

… sua generosidade

… sua retribuição…

…para que os corações deles fiquem aquecidos…

…se um dia eles não conseguirem se equilibrar ou caminhar direito…

…segure firme as mãos deles e os acompanhe bem devagar respeitando o ritmo deles durante a caminhada

… da mesma forma como eles respeitaram o seu ritmo quando lhe ensinaram a andar

… fique perto deles

…assim como…

…eles sempre estiveram presentes em sua vida, sofrendo por você

… torcendo por você

… e vivendo “POR VOCÊ”

“Não eduque seu filho para ser rico, eduque-o para ser feliz.

Assim ele saberá o VALOR das coisas e não o seu PREÇO”

(Max Gehringer)

Esse texto é simplesmente incrível!

Pai & Filho
Pai & Filho – Imagem retirada deste site.

Acho que todos deveriam repensar um pouco nas atitudes em relação aos pais. Na verdade, não só aos pais, mas avós também! (Vejam este post!).

É importante agradecermos sempre a nossos pais! Afinal, e em primeiro lugar, eles lhe deram a vida! Já é algo maravilhoso, não? Além disso, cuidaram de você, ensinaram, deram bronca quando deveriam… fizeram de tudo por você!

No entanto, muitas pessoas se esquecem disso quando crescem, e os pais envelhecem… Muitos filhos não tem paciência com seus pais, dão bronca, reclamam, e na pior da hipótese até brigam ou agridem… Esquecem-se de todo o carinho e dedicação que os pais deram durante toda a vida.

Muito podem dizer: “Meus pais não me deram carinho!” ou “Meus pais não me ensinaram nada!” ou até “Meus pais fizeram isso ou aquilo que me prejudicou!”… Não se esqueçam que os pais também são seres humanos! E como todo ser humano, eles também erram!

Avós & Netos
Avós & Netos – Imagem retirada deste site.

Mesmo que os pais não sejam carinhosos, ou mesmo que eles não sejam os melhores pais do mundo, acho essencial agradecê-los! Foram eles que lhes permitiram vir a este mundo! E você, que está lendo isso, seja quem for, é uma pessoa maravilhosa, com certeza! E sendo essa pessoa maravilhosa, certamente está fazendo a diferença para muitas e muitas pessoas, portanto, o agradecimento a seus pais é essencial! É nisso que acredito!

É importante também agradecer aos avós, e aos antepassados (bisavós, trisavós, etc…), pois graças à eles que sua família existe, seus avós existem, seus pais existem e você existe!

Cuidar bem dos pais é o primeiro passo para a felicidade!

Quero encerrar este post agradecendo aos meus queridos e amados pais! São os mehores pais do mundo! Aconselham-me, se preocupam comigo e fazem o máximo por mim! Devo muito a eles e agradeço a eles de todo o meu coração! MUITO OBRIGADO POR TUDO!

Por hora é só!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!