Sobre a depressão

Post escrito originalmente em 10 de janeiro de 2013.


Boa tarde, pessoas! 🙂 Como estão?

O assunto de hoje é a depressão. Algo bem sério, mas que é ignorado e, muitas vezes, visto com preconceito pelo “senso comum”.

Depressão
Arte feita por AJGIEL, retirada deste site.

Quero iniciar o assunto de hoje com um trecho do livro de Augusto Cury:

12 Semanas para mudar uma vida
Foto retirada deste site.

“Se você tiver parentes ou amigos com depressão e que estão sem coragem para viver, ouça-os sem criticar. Não lhes dê conselhos superficiais. Empreste-lhes seu coração. Diga a eles que são fortes, que têm uma grande fome e sede de viver. Encoraje-os a se tratar sem culpa.”

(CURY, Augusto. 12 Semanas para mudar uma vida. Editora Academia. página 123)

Não sou psicólogo, nem psiquiatra, por tanto, o que falarei é apenas meu ponto de vista. São palavras e pensamentos de um amador.

Primeiramente, o que é a depressão? Ao meu ver, é o estágio mais extremo de desespero em que a mente humana pode chegar. Causado por algum sentimento ou pensamento negativo intenso. Podendo ser a tristeza, solidão, a frustração, o medo, o trauma, a falta de sentido na vida, etc. A pessoa possui um vazio dentro do peito, algo que ele sente do fundo do coração.

Um dos problemas que a humanidade enfrenta atualmente é a falta de sensibilidade e o excesso de egoísmo/egocentrismo. O pior que se pode fazer a alguém com depressão e dizer que esta é uma “frescura” ou que é “coisa de gente fraca“. Não acredito que seja isso. Pois quem diz isso, nem imagina o que a pessoa deprimida pode ter passado, quais são seus medos e traumas. Elas não conseguem se colocar no lugar da pessoa referida, causando um agravamento na situação do depressivo.

O agravamento de uma depressão pode ser perigoso, pois existe a possibilidade desta pessoa começar a pensar em suicídio.

Acredito que o melhor a fazer, quando há alguém deprimido, é seguir o que Augusto Cury aconselha no trecho que transcrevi acima. Deve-se dar atenção e amor a esta pessoa, deixá-la falar e desabafar tudo o que quiser. Dessa forma, estamos doando nossa energia para suprir o vazio desta. Não se deve criticá-la, mas sim escutá-la e se interessar pelo que ela está falando. Perguntar mais sobre os problemas e sentimentos que ela está contando, para que ela sinta que você realmente está querendo entendê-la, e que ela não está .

Nunca devemos dar conselhos superficiais, ou aquelas respostas convencionais e automáticas que damos em determinadas situações. Pois isso demonstra que você não se importa com ela (pelo menos, não de forma profunda), e não pensa em entendê-la realmente. Passa uma sensação de descaso para com o problema do deprimido.

No fundo, as pessoas depressivas são as que mais desejam viver, e as que mais querem ser felizes. No entanto, por estarem com a autoestima baixa, não conseguem se desapegar dos sentimentos, lembranças e pensamentos ruins do passado. No caso dos que pensam em suicídio, acredito que, inconscientemente, com essa atitude terrível, elas desejam “matar sua dor“, e não a si mesmas. Pois elas, assim como todos nós, desejam viver felizes.

Segundo Augusto Cury, o ideal, ao encontrarmos uma pessoa com depressão, é levá-la a um profissional competente de confiança. Pois, a depressão pode se tornar uma doença complicada.

Como disse no início, não sou profissional da área, sou leigo. Apenas transcrevi o trecho do livro de Augusto Cury e expressei minha opinião sobre o assunto. Espero que este post possa ajudar as pessoas, no sentido de orientá-las a como proceder caso conheça alguém com este problema. Ou, se for alguém com este sofrimento em sua vida, possa se inspirar a procurar ajuda. E, se eu puder ajudar, o faço com prazer!

Por hoje é só! Ótimo final de semana para todos!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!

Anúncios

[Poesia] Poesia do Amar

Post escrito originalmente em 15 de setembro de 2015.


Olá pessoas! 🙂 Como andam?

Hoje estou a postar mais uma poesia minha. Espero que gostem!

Poesia do Amar
Poesia do Amar – Imagem retirada deste site.

 

Poesia do Amar Poesia: Poesia do Amar

 

O amar deve-se começar pelo amanhecer. Não o amanhecer do sol na Terra, mas sim o amanhecer do Sol em dois corações. Assim, o amor noturno pode ser apreciado com maior deleite.

Por hoje é só!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!

[Saint Seiya] God Warriors/Guerreiros Deuses [PARTE 1]

Olá a todos! 🙂 Como andam?

A postagem de hoje será sobre a franquia de animeSaint Seiya” (聖闘士星矢), obra de Kurumada Masami (車田正美), onde discorrerei sobre os Guerreiros Deuses (神闘士/God Warriors) do filme “Saint Seiya A Fervorosa Batalha dos Deuses” (聖闘士星矢 神々の熱き戦い/Saint Seiya Kamigami no Atsuki Tatakai), cuja versão brasileira adaptou para “A Grande Batalha dos Deuses“. O filme teve direção de Yamauchi Shigeyasu (山内重保), roteiro de Koyama Takao (小山高生), produção de Takeda Hiroshi (武田寛) e Matsushita Kennichi (松下健吉), e o produtor executivo foi Imada Chiaki (今田智憲), produzida pela TOEI em março de 1988.

Além dos Guerreiros Deuses, falarei do Representante de Odin na Terra (オーディーンの地上代行者/Odin no Chijyou Daikousha) desta geração, além dos Clérigos do Palácio de Valhalla (ワルハラ宮の司祭/Valhalla Miya no Shisai) que aparecem no mesmo filme. Inicialmente iria fazer uma postagem exclusiva para eles, mas como são poucos, achei melhor discorrer sobre eles por aqui mesmo.

God Warriors
God Warriors – Montagem minha, com artes de Trident e The Sanctuary’s Deisgner & Antares.

Estes guerreiros são os primeiros na franquia, oriundos da Mitologia Nórdica. Vivem no extremo norte da Europa, em um lugar chamado Asgard (アスガルド), eles são comandados pelo Representante de Odin na Terra, o Soberano Dolbar (ドルバル教主/Dolbar Kyoushu), que governa do Palácio de Valhalla (ワルハラ宮/Waruhara Miya). Sendo que Odin é o Rei dos deuses Nórdicos (主神オーディーン/Shushin Odin).

Apesar do deus ser benevolente, seu representante não o é, tramando contra o Santuário (聖域/Sanctuary). Ele trama usar Hyoga (氷河), que foi capturado, para causar um conflito e iniciar uma batalha contra Atena.

1. Representante de Odin na Terra | オーディーンの地上代行者 | Odin no Chijyou Daikousha

Soberano Dolbar | ドルバル教主 | Dolbar Kyoushu

ドルバル教主 | Dolbar Kyoushu | Soberano Dolbar
ドルバル教主 | Dolbar Kyoushu | Soberano Dolbar – Montagem minha, feita com artes de Trident e Arman Virgo.
  • Dublador original: Kayumi Iemasa (家弓家正)
  • Dublador brasileiro: Carlos Campanille
  • Técnicas:
    1. Odin Shield (オーディーン・シールド) | Escudo de Odin
    2. Ma-ken (魔拳) | Punho Maligno

Na dublagem brasileira, seu nome é mudado para “Durval“. Dolbar é uma brincadeira com o nome do deus nórdico Baldr (ou Balder), que em japonês lê-se como “BaruDoru” (バルドル), eles apenas inverteram, ficando “DoruBaru” (Dolbar). Portanto, uma adaptação mais adequada para seu nome em nosso idioma, seria “Derbal“.

Inicialmente, quando Saori e seus Cavaleiros de Bronze vão até o Palácio de Valhalla perguntar sobre o desaparecimento de Hyoga, Dolbar os recebe muito bem, mostrando-se solícito em ajudar. Todavia, ele guardava segundas intenções malignas para com a deusa Atena, causando uma verdadeira batalha entre o Santuário e Asgard, após aprisionar Saori em sua técnica “Escudo de Odin“.

Ele é derrotado pela flecha de ouro de Sagitário, disparada por Seiya.

2. Guerreiros Deuses | 神闘士 | God Warriors

Loki | ロキ | Roki

ロキ | Roki | Loki
ロキ | Roki | Loki – Montagem minha, feita com artes de Trident e Arman Virgo.
  • Dublador original: Mizushima Yuu (水島裕)
  • Dublador brasileiro: Sérgio Moreno
  • Técnicas:
    1. Shuugeki Gunrou-ken (襲撃群狼拳) | Punho da Incursão do Grupo de Lobos
      * Ataque de Lobos na dublagem brasileira.
    2. Odin Tempest (オーディーン・テンペスト) | Tempestade de Odin

Seu nome é o mesmo do deus nórdico da trapaça.

Ele é o braço direito de Dolbar. Possui atitudes sempre suspeitas e hostis, sendo rude e sarcástico com os Cavaleiros. Desde seu primeiro encontro com os defensores de Atena, ele emana uma intenção hostil. Ele enfrenta Seiya de Pégaso (天馬星座の星矢/Pegasus no Seiya), sendo derrotado pelo mesmo. Um detalhe é que o próprio Cavaleiro de Bronze admite que Loki é mais poderoso que ele, porém, a motivação por qual os dois lutam é que foi o fator decisivo.

Uma curiosidade, é que sua robe era para ser de azul, como pode ser vista no trailer.

Ullr | ウル | Uru

ウル | Uru | Ullr
ウル | Uru | Ullr – Montagem minha, feita com artes de Trident e Arman Virgo.
  • Dublador original: Murayama Akira (村山明)
  • Dublador brasileiro: Carlos Eduardo
  • Técnicas: Desconhecidas

Seu nome vem de um deus nórdico homônimo, habilidoso com o arco e flecha. Na dublagem brasileira é conhecido como Ur. O Guerreiro Deus que enfrentou inicialmente Shun de Andrômeda (アンドロメダ星座の瞬/Andromeda no Shun). Não demonstrou nenhuma técnica em especial, mas sua espada de fogo (炎の剣/Honoo no Ken) é extremamente poderosa, produzindo cortes de luz que foram capazes de destruir as correntes e a armadura do Cavaleiro em questão.

Foi derrotado por um ataque surpresa de Ikki de Fênix (鳳凰星座の一輝/Phoenix no Ikki), que o golpeou com o sua técnica “Voar Imperial das Asas de Fênix” (鳳翼天翔/Houyoku Tenshou), conhecido por aqui como “Ave Fênix“, morrendo sem compreender o que estava acontecendo.

Apesar da sua espada ser dita de fogo, em materiais oficiais, ela nunca mostrou esta propriedade durante a luta. Além disso, o design de sua robe, foi aproveitado para Fenrir de Alioth (アリオトのフェンリル/Alioth no Fenrir), da série animada, enquanto sua espada de fogo foi herdada por Alberich de Megrez (メグレスのアルベリッヒ/Megrez no Alberich).

Uma curiosidade, é que sua robe era para ser de cor alaranjada, como pode ser vista no trailer.

Rung | ルング | Rungu

ルング | Rungu | Rung
ルング | Rungu | Rung – Montagem minha, feita com artes de Trident e Arman Virgo.
  • Dublador original: Genda Tesshou (玄田哲章)
  • Dublador brasileiro: Fábio Tomazine
  • Técnicas:
    1. Mjolnir Hammer ni yoru Kougeki (ミョルニル・ハンマーによる攻撃) | Ofensiva por meio do Martelo Mjölnir
      * Sim, mão faz sentido, mas, oficialmente o nome dos bumerangues dele é “Martelo Mjölnir”.

Seu nome tem origem no jotun (entidade gigante que se opunha aos deuses nórdicos) chamado Hrungnir, que foi derrotado pelo martelo de Thor. Rung é visivelmente o Guerreiro Deus mais alto e de maior força bruta. Atacou de surpresa com seus bumerangues Mjölnir o Ikki e o Shun, fazendo com que Andrômeda caia em um penhasco, salvando-se com suas correntes.

Fênix, querendo derrotar logo o gigante para ajudar seu irmão, o derruba com o “Punho da Ilusão Maligna de Fênix” (Houou Genma-ken/鳳凰幻魔拳), conhecido por aqui como “Golpe Fantasma de Fênix“, ou “Espírito Diabólico de Fênix“. Com este, o Guerreiro Deus tem uma alucinação de Ikki sendo derrotado pela sua arma, todavia, na realidade, quem foi atingido pelo golpe foi ele mesmo. Este cai, e o Cavaleiro corre para segurar e puxar a corrente de Shun.

Porém, o inimigo não havia morrido, este ergue Fênix pelas pernas e começa a atingi-lo com sua arma nas costas, até que o chão desaba e os três caem no penhasco.

O nome do bumerangue desse Guerreiro Deus é claramente referência ao Martelo do deus do Trovão, Thor. Martelo este utilizado na série anime pelo Thor de Phecda (フェクダのトール/Phecda no Thor).

Uma curiosidade, é que sua robe era para ser de um tom de azul mais claro, como pode ser vista no trailer.

Midgard | ミッドガルド | Middogarudo

ミッドガルド | Middogarudo | Midgard
ミッドガルド | Middogarudo | Midgard – Montagem minha, feita com arte de Trident. A Robe de Midgard foi feita por mim, com base na arte de Marco Albiero.
  • Idade: 14
  • Altura: 1,73m
  • Peso: 60kg
  • Data de nascimento: 23/01
  • Signo: Aquário (ロシア)
  • Tipo sanguíneo: O
  • Local de nascimento: Rússia (ロシア)
  • Local de treinamento: Sibéria Oriental (東シベリア)
  • Mestre: Cavaleiro de Cristal (牡羊座のシオン) / Camus de Aquário ()
  • Colega de treino: Isaac de Kraken (アッペンデックスの貴鬼)
  • Dublador original: Hashimoto Kouichi (橋本晃一)
  • Dublador brasileiro: Francisco Brêtas
  • Técnicas:
    1. Diamond Dust (ダイヤモンド・ダスト) | Pó de Diamante
    2. Aurora Thunder Attack (オーロラ・サンダー・アタック) | Ataque do Trovão Aurora
      * Trovão Aurora, Ataque na dublagem brasileira.
    3. Hyouketsu Ring (氷結リング) | Anel de Congelamento
      * Círculo de Gelo na dublagem brasileira.
    4. Touketsu-ken (凍結拳) | Punho Congelante

Seu nome refere-se ao mundo dos homens na mitologia nórdica. É um misterioso Guerreiro Deus mascarado, cujo cosmo foi sentido como familiar para Shiryu de Dragão (龍星座の紫龍/Dragon no Shiryu), que foi seu oponente. No início da luta foi revelado que Midgard é ninguém menos que o desaparecido Hyoga de Cisne (白鳥星座の氷河/Cygnus no Hyoga), que sofrera uma lavagem cerebral pelo “Punho Maligno” (魔拳/Ma-ken) de Dolbar.

A luta é equilibrada, já que Shiryu não queria ferir seu amigo, mas acaba atingindo-o com sua técnica “Supremacia do Dragão Ascendente de Rozan” (Rozan Shouryuu-ha/廬山昇龍覇), conhecido por aqui como “Cólera do Dragão“, ou “Dragão Nascente“. O golpe libertou o Cisne do domínio de Dolbar, por outro lado, o Shiryu recebeu o “Ataque do Trovão Aurora” (オーロラ・サンダー・アタック/Aurora Thunder Attack), chamado de “Trovão Aurora, Ataque” aqui no Brasil, deixando-o bem ferido.

O verdadeiro Midgard nunca apareceu no filme, mas, segundo as anotações, ele foi aprisionado por Dolbar e seu rosto seria o que foi usado posteriormente em Hagen de Merak (メラクのハーゲン/Merak no Hagen) no anime.

Uma curiosidade, é que sua robe era para ser de um tom esverdeado, como pode ser vista no trailer.

3. Clérigos do Palácio de Valhalla | ワルハラ宮の司祭 | Valhalla Miya no Shisai

Frey | フレイ | Furei

フレイ | Furei | Frey
フレイ | Furei | Frey – Montagem minha, feita com arte de Trident.
  • Dublador original: Nanba Keiichi (難波圭一)
  • Dublador brasileiro: Luiz Antônio Lobue
  • Técnicas: Desconhecidas

Seu nome vem do deus benevolente Freyr, que é associado, dentre outras coisas, à realeza sacral, virilidade e prosperidade. Foi Frey quem escoltou Atena e seus Cavaleiros do Palácio de Valhalla até a saída, após a conversa com Dolbal sobre o paradeiro de Hyoga. Além disso, ele abrigou os mesmos em sua casa.

Desconfiado de Loki, percebendo uma conspitração para iniciar uma guerra contra o Santuário, Frey vai conversar a sós com Dolbar, sendo atacado de surpresa pelo mesmo, e foi aprisionado.

Posteriormente, durante a batalha final, Frey consegue fugir de seu cárcere e, com sua espada, queimando todo o seu cosmo, salva Atena do “Escudo de Odin” (オーディーン・シールド/Odin Shield) de Dolbar, permitindo que Seiya acabasse com o vilão. Todavia, ele perdeu a vida no processo.

Frey tem um design semelhante o Guerreiro Azul (氷戦士/Blue Warrior) Alexer (アレクサー), da história solo de Hyoga, no mangá.

Frea | フレア | Furea

フレア | Furea | Frea
フレア | Furea | Frea – Montagem minha, feita com arte de Trident.
  • Dubladora original: Yamano Satoko (山野さと子)
  • Dubladora brasileira: Eleonora Prado
  • Técnicas: Nenhuma

Seu nome é associado à deusa nórdica Freyja, que remete ao amor, sexo, fertilidade, beleza, entre outros. No Brasil, é chamada de Freya (cuja grafia em japonês seria フレイヤ). É irmã mais nova de Frey, tendo o mesmo ofício deste. Ela conversa com Saori e os Cavaleiros quando eles vão à casa de Frey. Ela os adverte a sair de Asgard o quanto antes. No final da batalha, ela lamenta a perda de seu irmão.

Seu design é semelhante ao de Natasha (ナターシャ), irmã mais nova do Guerreiro Azul Alexer, na história solo de Hyoga no mangá.

Bom, por hoje é só!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!


EXTRA:

O trailer do filme:

[Flower] Colorful/Colorido

Olá pessoal! 🙂 Como estão?

No post de hoje trago a letra e tradução da segunda faixa principal do single “Monochro/Colorful” (モノクロ/カラフル), do grupo Flower. Colorful significa “colorido” em inglês.

*Para ver a discografia do gripo, clique aqui!*

Imagem promocional do single “Monochro/Colorful”.
Imagem promocional do single “Monochro/Colorful”.

Esta música pode ser compreendida como um acontecimento mais ou menos entre a faixa “Hoka no Dareka Yori Kanashii Koi wo Shita Dake” (他の誰かより悲しい恋をしただけ) e a “Monochro” (モノクロ), embora não esteja explícito, podendo ser apenas uma interpretação minha.

Na primeira, temos o fim de um grande amor, onde a “protagonista” perde todas as cores, ficando em um mundo monocromático (onde ela relata na segunda). Todavia, na mesma canção, ela fala que seu mundo tornou-se colorido ao encontrar-se com alguém. Este fato é contado na perspectiva dele na música que traduzo hoje.

O fato que me faz acreditar mais nessa minha interpretação, é que “Colorful” é utilizada, em sua versão instrumental, na introdução do clipe de “Monochro”.

Por fim, algo importante de ressaltar, é que a parte que está entre parênteses, é a fala dela, e o resto da música é ele declarando o seu amor.

Capa do single “Monochrome/Colorful” – Regular Edition.
Capa do single “Monochrome/Colorful” – Regular Edition.

カラフル
歌手:Flower
作詞:小竹正人
作曲:Daiki Kagawa
編曲:soundbreakers
ボーカルディレクション:和田昌哉

非常階段座り込んでUmm 雨上がりの空を見てたね
Hijyoukaidan suwarikonde Umm ameagari no sora wo miteta ne

くちびるを噛みしめながら キミはどんなこと想ってたの?
Kuchibiru wo kamishime nagara KIMI wa donna koto omotteta no?

(泣いてないのに) 泣いているみたいな顔してたんだ
(Naitenai noni) Naiteiru mitai na kao shitetanda

(キミの向こう) 儚い虹がぼんやり架かってたんだ
(
KIMI no mukou) Hakanai niji ga bonyari kakattetanda
(そしてボクは) キミから目が離せなくなって それが恋のはじまりで...
(Soshite BOKU wa) KIMI kara me ga hanasenakunatte sore ga koi no hajimari de…

どんな色が キミは一番好きですか?
Donna iro ga KIMI wa ichiban suki desuka?

その色を ボクも好きになりたいよ My girl
Sono iro wo BOKU mo suki ni naritai yo My girl

願わくばキミの世界を カラフルに彩って
Negawakuba KIMI no sekai wo KARAFURU ni irodotte

誰にもできないくらいそうキミを 愛してく My girl
Darenimo dekinai kurai sou KIMI wo aishiteku My girl

たとえばもしも振り返ったらUmm 叶わなかった夢のカケラ
Tatoeba moshimo furikaettara Umm kanawanakatta yume no KAKERA

たくさんね 落ちているだろう それはそれで必要な宝物
Takusan ne ochiteiru darou sore wa sore de hitsuyou na takaramono

(頼りないけど) ボクの手をずっと握ってるんだよ
(Tayorinai kedo) BOKU no te wo zutto nigitterunda yo
(この先はもう) 孤独と仲良くなんてしなくていいよ
(Kono saki wa mou) Kodoku to nakayoku nante shinakute ii yo

(だってキミは) 淋しさ感じる暇もないほど ボクといつでも一緒だから
(Datte KIMI wa) sabishisa kanjiru hima mo nai hodo BOKU to itsudemo issho dakara

どんな色に キミは憧れてますか?
Donna iro ni KIMI akogaretemasuka?

その色で 包み込んであげたいよ My girl
Sono iro de tsutsumikonde agetai yo My girl

ボクたち名もない花で カラフルに咲いていよう
BOKU-tachi na mo nai hana de KARAFURU ni saiteiyou

見たこともないような色をして 咲いていよう My girl
Mita koto mo nai youna iro wo shite saiteiyou My girl

(Which color do you like? どんな色が...
(Which color do you like? Donna iro ga…

Which color do you like? どんな色に...)
Which color do you like? Donna iro ni…)

どんな色が キミは一番好きですか?
Donna iro ga KIMI wa ichiban suki desuka?
その色を ボクも好きになりたいよ My girl
Sono iro wo BOKU mo suki ni naritai yo My girl
願わくばキミの世界を カラフルに彩って
Negawakuba KIMI no sekai wo KARAFURU ni irodotte
誰にもできないくらいそうキミを 愛してく My girl
Darenimo dekinai kurai sou KIMI wo aishiteku My girl

(Which color do you like? どんな色が...
(Which color do you like? Donna iro ga…
Which color do you like? どんな色に...)
Which color do you like? Donna iro ni…)

~TRADUÇÃO~

Capa do single “Monochrome/Colorful” – Limited Edition.
Capa do single “Monochrome/Colorful” – Limited Edition.

Colorido
Intérprete: Flower
Letra: Odake Masato
Composição: Daiki Kagawa
Arranjo: soundbreakers
Direção vocal: Wada Masaya
Tradução: Elson Diogo Masuzawa

Sentada na escada de emergência, Umm, você olhou para o céu pós-chuva, né?
Enquanto mordia os lábios, sobre o que VOCÊ estava pensando?
(Apesar de que eu não estava chorando) Você estava fazendo cara de que estava chorando
(Do SEU outro lado) Um efêmero arco-íris estava vagamente atravessando
(Então, EU) Não conseguia tirar os olhos de VOCÊ, isso foi o começo do amor…

Qual é a cor que VOCÊ mais gosta?
EU também quero começar a gostar dessa cor, Minha garota
O mundo que VOCÊ deseja, sendo pintado de colorido
Minha garota, amo VOCÊ a ponto em que ninguém mais seria capaz

Por exemplo, se você olhar para trás, Umm, estão os FRAGMENTOS de sonhos não realizados
Estão caindo aos montes, não é? Isso é o tesouro que é necessário
(Apesar de ser indeciso) Sempre apertou a MINHA mão
(Daqui em diante, não mais) Não precisará mais ser amiga da solidão
(Pois você) Já não tem mais tempo sobrando para sentir-se desolada, já que EU estarei sempre junto de você

De que cor VOCÊ sente admiração?
Quero envolver-lhe com essa cor, Minha garota
Vamos desabrochar coloridos, com a NOSSA flor sem nome
Vamos desabrochar como um colorir que nunca foi visto, Minha garota

(Qual a cor que você gosta? Qual é a cor…
Qual a cor que você gosta? De que cor…)

Qual é a cor que VOCÊ mais gosta?
EU também quero começar a gostar dessa cor, Minha garota
O mundo que VOCÊ deseja, sendo pintado de colorido
Minha garota, amo VOCÊ a ponto em que ninguém mais conseguiria

(Qual a cor que você gosta? Qual é a cor…
Qual a cor que você gosta? De que cor…)

~HIRAGANA/KATAKANA~
(Para quem está estudando Nihongo)

Capa do single “Monochrome/Colorful” – Limited Pressing Edition.
Capa do single “Monochrome/Colorful” – Limited Pressing Edition.

カラフル
かしゅ:Flower
さくし:おだけまさと
さっきょく:Daiki Kagawa
へんきょく:soundbreakers
ボーカルディレクション:わだまさや

ひじょうかいだんすわりこんでUmm あめあがりのそらをみてたね
Hijyoukaidan suwarikonde Umm ameagari no sora wo miteta ne

くちびるをかみしめながら キミはどんなことおもってたの?
Kuchibiru wo kamishime nagara KIMI wa donna koto omotteta no?

(ないてないのに) ないているみたいなかおしてたんだ
(Naitenai noni) Naiteiru mitai na kao shitetanda

(キミのむこう) はかないにじがぼんやりかかってたんだ
(
KIMI no mukou) Hakanai niji ga bonyari kakattetanda
(そしてボクは) キミからめがはなせなくなって それがこいのはじまりで...
(Soshite BOKU wa) KIMI kara me ga hanasenakunatte sore ga koi no hajimari de…

どんないろが キミはいちばんすきですか?
Donna iro ga KIMI wa ichiban suki desuka?

そのいろを ボクもすきになりたいよ My girl
Sono iro wo BOKU mo suki ni naritai yo My girl

ねがわくばキミのせかいを カラフルにいろどって
Negawakuba KIMI no sekai wo KARAFURU ni irodotte

だれにもできないくらいそうキミを あいしてく My girl
Darenimo dekinai kurai sou KIMI wo aishiteku My girl

たとえばもしもふりかえったらUmm かなわなかったゆめのカケラ
Tatoeba moshimo furikaettara Umm kanawanakatta yume no KAKERA

たくさんね おちているだろう それはそれでひつようなたからもの
Takusan ne ochiteiru darou sore wa sore de hitsuyou na takaramono

(たよりないけど) ボクのてをずっとにぎってるんだよ
(Tayorinai kedo) BOKU no te wo zutto nigitterunda yo
(このさきはもう) こどくとなかよくなんてしなくていいよ
(Kono saki wa mou) Kodoku to nakayoku nante shinakute ii yo

(だってキミは) さみしさかんじるいとまもないほど ボクといつでもいっしょだから
(Datte KIMI wa) sabishisa kanjiru hima mo nai hodo BOKU to itsudemo issho dakara

どんないろに キミはあこがれてますか?
Donna iro ni KIMI akogaretemasuka?

そのいろで つつみこんであげたいよ My girl
Sono iro de tsutsumikonde agetai yo My girl

ボクたちなもないはなで カラフルにさいていよう
BOKU-tachi na mo nai hana de KARAFURU ni saiteiyou

みたこともないようないろをして さいていよう My girl
Mita koto mo nai youna iro wo shite saiteiyou My girl

(Which color do you like? どんないろが...
(Which color do you like? Donna iro ga…

Which color do you like? どんないろに...)
Which color do you like? Donna iro ni…)

どんないろが キミはいちばんすきですか?
Donna iro ga KIMI wa ichiban suki desuka?
そのいろを ボクもすきになりたいよ My girl
Sono iro wo BOKU mo suki ni naritai yo My girl
ねがわくばキミのせかいを カラフルにいろどって
Negawakuba KIMI no sekai wo KARAFURU ni irodotte
だれにもできないくらいそうキミを あいしてく My girl
Darenimo dekinai kurai sou KIMI wo aishiteku My girl

(Which color do you like? どんないろが...
(Which color do you like? Donna iro ga…
Which color do you like? どんないろに...)
Which color do you like? Donna iro ni…)

Gosto bastante dessa declaração de amor! Ele expressa de forma simples um sentimento são profundo. Percebemos como esta letra completa as informações de sua antecessora. Sabemos que, depois de terminar um longo e profundo relacionamento sofrido (nesta música), ele a viu pela primeira vez quando ela estava sentada a uma escada de emergência, chorando, e estava chovendo (dá até para fazer uma novela!).

A única possível contradição a esta minha interpretação, é que em “Monochro” é dito que eles se encontraram pela primeira vez, em uma noite. Já em “Colorful”, é possível deduzir que tenha sido em algum momento em que tenha sol, já que é mencionado um arco-íris após a chuva. Por outro lado, este arco-íris pode ser uma representação das cores que estavam chegando para a vida dela, o que daria margem à minha interpretação.

Para quem quiser ouvir a música (via YouTube):

Bom, por hoje é só!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!


FONTES:

~> Letra original: カラフル – Flower – 歌詞 : 歌ネット
~> Letra Romaji/Hiragana/Katakana: Eu mesmo
~> Ajuda para tradução: jisho


EXTRA:

Foto das integrantes:

Flower
Fujii Shuuka/藤井萩花

藤井萩花
Fujii Shuuka
Shigetome Manami/重留真波

重留真波
Shigetome Manami
Nakajima Mio/中島美央

中島美央
Nakajima Mio
Washio Reina/鷲尾伶菜

鷲尾伶菜
Washio Reina
Bando Nozomi/坂東希

坂東希
Bando Nozomi
Sato Harumi/佐藤晴美

佐藤晴美
Sato Harumi

[SEICHO-NO-IE] Para ter uma vida alegre

Post escrito originalmente em 30 de janeiro de 2016.


Olá pessoal! 🙂 Como estão?

O assunto de hoje vem de um trecho de um livro da SEICHO-NO-IE, comecemos por ele:

Para ter uma vida alegre
Para ter uma vida alegre – Abra a torneira da felicidade. | Imagem retirada deste site.

A auto-expressão de Deus

“Para que a água jorre, basta abrirmos a torneira. Sem abrir a torneira não podemos obter a água, embora ela esteja ali mesmo, pronta para jorrar. Abrir a válvula do ‘canal que traz a água da felicidade’ é rir alegremente, procurando exteriorizar a nossa verdadeira natureza de um feliz filho de Deus.” (TANIGUCHI, Masaharu. O Livro dos Jovens. SEICHO-NO-IE DO BRASIL. 27ª edição. Página275)

Parece uma coisa óbvia, quando falamos sobre a água. Se precisamos dela, basta abrir a torneira, e a teremos em abundância. Alguém reclamar que carece de água, estando próximo de uma torneira, parece algo de louco.

No entanto, ao falarmos sobre alegria/felicidade, há muitas pessoas que fazem o mesmo que o louco mencionado. Dizem ter uma vida infeliz ou triste, e continuam seguindo seus caminhos dessa maneira. Como pode a vida tornar-se alegre sem espalhar risos (riso é expressão de alegria, de felicidade)?

“Dizer que não pode rir porque não sente alegria equivale a dizer que não pode beber água porque não dispõe de água. Justamente quando não dispõe de água, é preciso abrir a torneira para obtê-la. Quanto menos alegre lhe parecer a vida, mais alegria você deve exteriorizar, e mais risos você deve espalhar ao seu redor. Se você espalhar água, a terra ao seu redor ficará úmida. Da mesma forma, se você espalhar risos, o ambiente ao seu redor ficará alegre.”
(TANIGUCHI, Masaharu. O Livro dos Jovens. SEICHO-NO-IE DO BRASIL. 27ª edição. Página275)

Acho difícil mantermos a terra úmida sem espalharmos água. Da mesma forma, é impossível viver em um ambiente feliz, sem esparramar risos e palavras alegres.

E se pensarmos bem, tem toda lógica! Suponhamos que numa receita que estamos preparando, falte açúcar. O que devemos fazer? Colocar mais açúcar, certo? De forma análoga, se falta alegria em nossa vida, o que deveríamos fazer? Manter a cara fechada, carrancuda, ou se mostrar mal-humorado? Devemos usar palavras tristes, de queixa ou reclamação, para “desabafar”? NÃO!!! Isso seria o mesmo que colocar sal na receita mencionada, esperando deixá-la doce! Devemos “colocar” mais alegria! Sorrir, falar palavras alegres, buscar coisas que nos façam sentir bem, reparar em detalhes que nos agradam e, se possível, elogiar!

Não seria estupidez querer combater o frio da tristeza, jogando mais gelo (palavras, pensamentos e atitudes negativas)? Para resolvermos isso, é mais condizente ter o calor de ternura e atitudes que remetem à felicidade, para assim aquecer e acabar com o frio da tristeza.

É algo tão óbvio, mas poucos são os que reparam nisso, e continuam aumentando os sentimentos que não desejam. Isso vale, não apenas para a alegria e felicidade, mas para tudo na vida! A querida Cris Brightlight, do canal “COSMOS INTERIOR“, sempre fala que devemos ser a fonte do que desejamos! Confiram o vídeo que ela explica de forma eloquente sobre isso:

Há quem deseje receber amor de todos, porém se esquece de dar amor; de praticar atos de amor; de falar e pensar amor. Isso contraria a Lei Universal mais poderosa, a Lei Mental, ou a Lei da Atração.

Há quem deseje prosperidade, todavia, não falam e nem pensam em coisas que combinem com a prosperidade. Falam apenas sobre falta de dinheiro, dívidas, contas, como as coisas são caras, sobre o quanto precisam economizar (se precisa economiza, então é porque falta, ou seja, é algo contrário à prosperidade), etc.

* Observação: Tenham em mente que economizar tem um sentido diferente de evitar desperdício. Podem parecer a mesma coisa, mas são opostos.

Há quem deseje saúde, mas apenas espalham palavras e pensamentos sobre doença. Procuram na internet o nome de milhares de doenças e seus sintomas, preocupando-se se não poder ter alguma delas. Sentem medo das doenças que são divulgadas na mídia. É complicado ter uma vida saudável falando, pensando e sentindo a doença.

Enfim, temos em nossa vida o que espalhamos nela. Espalhar, implica em palavras, pensamentos, sentimentos e atitudes que “sintonizam-se” com o que temos. Por isso, repetindo o que disse o Mestre Masaharu Taniguchi no trecho acima, “Quanto menos alegre lhe parecer a vida, mais alegria você deve exteriorizar, e mais risos você deve espalhar ao seu redor.”.

Bom, por hoje é só!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!

Confie em sua intuição

Olá a todos! 🙂 Estão todos bem?

Na postagem de hoje, quero discorrer sobre algo que ocorreu comigo por esses dias, e que me ensinou a acreditar e confiar nas intuições que recebemos. O fator decisivo, para a minha iluminação nesta questão, foi um vídeo que assisti da Érica Lima, do canal “Esquecer pra Descobrir” (Youtube | Facebook | Instagram), o qual recomendo muito!

Confie em sua intuição
Confie em sua intuição – Imagem retirada deste site.

O que é uma intuição?

Antes do referido ocorrido, sempre achei que a intuição fosse somente aqueles estalos de ideia, que vinham do nada, como um cutucão na nossa mente, avisando de algo. Pois, até então, quando as tive, foram dessa forma. E assim o é realmente. Todavia, nem sempre as intuições tem essa “cara”.

Muitas vezes, elas aparecem como um pensamento próprio, mas que aparece involuntariamente! Ou, como algo que parece que se sabia, mesmo que teoricamente, não teria como saber. Também, pode vir em forma de sentimentos inexplicáveis, impressões, ou sensações. Enfim, tudo o que percebemos de forma intuitiva, é uma intuição com algum significado. A Érica explica de forma maravilhosa, completa e de muito mais fácil compreensão, confiram:

Acredito que as intuições provém de nossos mentores de luz (que muitas vezes são chamados de anjo da guarda, espíritos iluminados, mentores espirituais, etc.), e sempre com o objetivo de nos ajudar, ou dar algum conhecimento/sabedoria, para nosso desabrochar espiritual.

Sobre o que aconteceu comigo, irei discorrer de forma resumida, pois é algo pessoal. Esses dias, eu sonhei com uma pessoa com quem perdi contato faz anos! Quando acordei, senti nostalgia, mas deixei para lá. Todavia, durante o dia, vira e mexe eu lembrava desta pessoa, e isso estava me intrigando.

Durante a meditação que realizei a tarde, experimentei perguntar o motivo desta estar em minha mente, e segui o fluxo, sem pensar e nem esperar por nada. Um tempo depois, veio-me a lembrança de um outro sonho que tive com a mesma pessoa, na época que mantinha contato com a mesma! No sonho, a gente estava juntos numa casa bonita, acho que era de madeira, em meio a um tipo de floresta. E veio-me um pensamento meu, que apareceu involuntariamente, dizendo o que ela foi para mim nessa minha “outra vida”!

Fiquei na dúvida se era uma intuição, ou só um pensamento aleatório que surgiu. Por isso, resolvi comentar em um dos vídeos do canal da Érica, que falava sobre a comunicação dos mentores conosco. E, alguns dias depois, a mesma gravou o vídeo que está no início da postagem que, para mim, foi a resposta que eu buscava!

Para os que acreditam em energia, tem mais um fato que desejo compartilhar: enquanto assistia ao referido vídeo, senti um formigamento por toda a minha espinha e na região peitoral, que é a energia fluindo, e senti a certeza de que aquilo foi realmente uma intuição.

Por hoje é só! Quero deixar meus agradecimentos à Érica, por sempre gravar vídeos maravilhosos e repletos de Luz, que nos faz tão bem! E, aproveitando, quero mencionar a Cris Brightlight, do canal “Cosmos Interior” (Youtube | Facebook | Instagram | Google+) e a Joyce Eliza do canal “DESPERTAR com a Joyce Eliza” (Youtube | Facebook | Instagram), que também trabalham compartilhando suas experiências e sabedoria, em prol da iluminação do próximo. Minha admiração e gratidão!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!

[SEICHO-NO-IE] O grau mais elevado do amor

Post escrito originalmente em 22 de maio de 2012.


Olá a todos! 🙂 Como vão?

Hoje postarei uma coletânea de pequenas citações do livro Palavras de Sabedoria, da SEICHO-NO-IE.

O grau mais elevado do amor
O grau mais elevado do amor – Imagem retirada deste blog.

“O amor que visa a recompensa é um sentimento interesseiro. Se não vier a recompensa, transforma-se em rancor.”

“Num grau mais elevado de amor, a pessoa ama o próximo e quer vê-lo contente. Entretanto, apesar de não ser um amor interesseiro, ela se sentirá decepcionada ou triste se o próximo não se alegrar ou não perceber a sua boa intenção.”

“No amor que visa a recompensa e no amor que espera ver o próximo contente existe o apego ao ‘eu’. Enquanto a pessoa tiver pensamentos como ‘Eu fiz isso e aquilo por ele; no entanto, o que ele me fez?’, ainda não está livre do apego ao ‘eu'”.

“O amor em seu grau supremo é aquele em que a pessoa , mesmo tendo feito grande bem ao próximo, esquece-se do que fez. O que difere de mera simulação daquele que, quando alguém lhe agradece por algo, faz-se de desentendido dizendo: ‘Puxa! Eu fiz isso? Já nem me lembro…'”.
(Taniguchi Masaharu – Palavras de Sabedoria)

Bom, os trechos são todos do mesmo assunto, o amor. Falando mais especificamente dos graus de amor.

O primeiro mencionado é o que eu chamo de amor egoísta, bastante comum nos dias de hoje. É aquele onde a pessoa que ama faz de tudo para ficar junto da pessoa amada, independentemente dos sentimentos e vontades desta. Quando totalmente rejeitado, transforma-se em rancor ou até ódio. Chamo de egoísta pois, nestes casos, o que importa é somente satisfação de si próprio.

O segundo citado é um amor mais verdadeiro. A pessoa já se preocupa com a felicidade da pessoa amada, e faz de tudo para isso. No entanto, quando não há reconhecimento por parte da pessoa amada, ela se frustra e se sente decepcionada ou triste. Quando isso se repete muitas vezes, pode terminar em discussão, e até brigas.

A terceira citação explica a presença do “eu” nos dois graus de amores anteriores. Portanto, mesmo o segundo é um amor egoístico, apesar de ser menos que o primeiro. São relações onde o ego faça mais alto no coração, do que a pessoa amada em si.

A última citação define o amor supremo. Aquele que a pessoa se doa completa e sinceramente à pessoa amada, fazendo as coisas por ela sem esperar sequer um “obrigado“. Ao meu ver é um grau difícil de se atingir, estando neste mundo material. Mas seria o ideal, talvez o verdadeiro amor verdadeiro seja assim.

De qualquer forma, o amor mais comum que vejo é o primeiro. O segundo é mais raro. Já o terceiro, o amor supremo definido pelo professor Masaharu Taniguchi, confesso que eu nunca vi.

Conceitualmente é fácil de compreender perfeitamente este grau mais elevado. Eu admiro esse amor puro e sem apego descrito. No entanto, anular o totalmente o “eu” requer muita prática, segurança e elevada espiritualidade. Eu admito que não consigo (ainda!). Quando amo, me coloco no segundo grau.

Muitos podem pensar “Para que amar desta forma, sem receber nada em troca”. Eu mesmo já me questionei sobre isso. Mas se pensarmos bem, se a pessoa que amamos nos corresponder, ao amá-la dessa forma, ela também nos amará da mesma maneira, não por retribuição, mas sim por ter o mesmo sentimento. Se a pessoa não o faz, mesmo que nós a amemos incondicionalmente, talvez seja porque, realmente, ela não sinta isso, ou seja, o amor não é verdadeiramente recíproco. Quem ama de verdade não resiste e nem tem porque resistir em corresponder, apenas o faz com alegria e espontaneidade.

Mas não devemos achar ruim com isso, não se pode obrigar alguém a nos amar, ou a outra pessoa. Todos possuem o direito de livre arbítrio! Devemos desejar a felicidade desta, independente de ser com outro alguém. Acredito que quando se ama de forma suprema, não sofremos com isso, pois a felicidade da pessoa amada é tudo o que importa. (Eu, nessas situações, ainda sofro… -risos-).

E como conseguimos chegar a esse nível de amor?

Bom, se eu descobrir isso, prometo que conto à vocês! ^__^ Mas, acredito que o caminho seja o que comentei lá em cima! Procurar elevar a espiritualidade, expandir a consciência, compreendendo melhor nosso propósito aqui neste mundo, automaticamente passamos a respeitar mais os sentimentos do próximo.

Todavia, até chegar lá, eu procuro pensar assim: “De que adianta a pessoa amada estar ao meu lado se está infeliz? Eu não me sentiria bem nessa situação, e talvez a pessoa que ela ame também fique triste. Então, é melhor deixar a pessoa amada ficar com quem ela ama, assim ela fica feliz, ele também; e eu fico um pouquinho feliz por vê-la feliz! (Apesar de doer.). Resumindo, é melhor um sofrendo do que três! xD

Estou buscando me livrar do “eu”, como diz a SEICHO-NO-IE, para conseguir amar alguém de forma realmente incondicional, e que esse alguém, seja minha alma gêmea! 🙂

Bom, por hoje é só!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!

Convite da Loucura

Post escrito originalmente em 14 de julho de 2011.


Olá para todos!! Como vão? 🙂

Hoje vou falar de um velho e-mail que recebi à muito tempo! Infelizmente o e-mail se perdeu, por isso, não me recordo quem me enviou, mas a mensagem eu deixei salva! Lá vai:

Convite da Loucura

A Loucura resolveu convidar os amigos para tomar um café em sua casa. Todos os convidados foram. Após o café, a Loucura propôs: – Vamos brincar de esconde-esconde?

– Esconde-esconde? O que é isso? – perguntou a Curiosidade.
– Esconde-esconde é uma brincadeira. Eu conto até cem e vocês se escondem. Ao terminar de contar, eu vou procurar, e o primeiro a ser encontrado será o próximo a contar.
Todos aceitaram, menos o Medo e a Preguiça.
-1, 2, 3,… – a Loucura começou a contar.
A Pressa escondeu-se primeiro, num lugar qualquer. A Timidez, tímida como sempre, escondeu-se na copa de uma árvore.
A Alegria correu para o meio do jardim, já contente e escondida; a Tristeza começou a chorar, pois não encontrava um local apropriado para se esconder. A Inveja acompanhou o Triunfo e se escondeu perto dele debaixo de uma pedra. A Loucura continuava a contar e os seus amigos iam se escondendo. O Desespero ficou desesperado ao ver que a Loucura já estava no noventa e nove, e depois: – CEM!, gritou a Loucura. – Vou começar a procurar…
A primeira a aparecer foi a Curiosidade, já que não aguentava mais querendo saber quem seria o próximo a contar. Ao olhar para o lado, a Loucura viu a Dúvida em cima de uma cerca sem saber em qual dos lados ficar para melhor se esconder.
E assim foram aparecendo a Alegria, a Tristeza, a Timidez… Quando estavam todos reunidos, a Curiosidade perguntou:
– Onde está o Amor?
Ninguém o tinha visto. A Loucura começou a procurá-lo. Procurou em cima da montanha, nos rios, debaixo das pedras e nada do Amor aparecer.
Procurando por todos os lados, a Loucura viu uma roseira, pegou um pauzinho e começou a procurar entre os galhos, quando de repente ouviu um grito. Era o Amor, gritando por ter furado os olhos com um espinho. A Loucura não sabia o que fazer. Pediu desculpas, implorou pelo perdão do Amor e até prometeu segui-lo para sempre.
O Amor aceitou as desculpas e hoje, o Amor é cego e a Loucura o acompanha sempre.
(Autor desconhecido)

Amor Cego

Achei muito legal essa “historinha”, que conta a razão do amor ser cego e pelo fato da loucura sempre o acompanhar!

Na verdade, quando se diz que ele é cego, significa que quem ama verdadeiramente, não enxerga o lado negativo da pessoa amada. Porém, não por ser cego, mas sim por amar e aceitá-la como ela é! As aparências e tudo mais não importam! Desde que haja sinceridade nos sentimentos, muito respeito e interesse um pelo outro, nada mais importa!

Quanto a loucura, apenas representa que, por amor (verdadeiro) somos capazes de fazer loucuras! Tudo para vê-la feliz e segura. Isso demonstra que, no amor, os dois são um, portanto, a dor do outro é a nossa, por isso, fazemos de tudo para evitá-la!

Bom, por hoje é só!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!

[SEICHO-NO-IE] Amar verdadeiramente

Post escrito originalmente em 15 de julho de 2011.


Olá para todos!! 🙂 Como vão?

Hoje, mais uma vez, vou comentar uma citação da SEICHO-NO-IE! Meus posts estão mais rápidos ultimamente por falta de tempo mesmo! Quando tiver mais sossegado, escreverei posts mais elaborados.

Bom a citação de hoje é a seguinte:

Amar verdadeiramente
Amar verdadeiramente – Imagem retirada deste site.

Amar é ver somente o lado positivo da pessoa.

Veja somente o lado positivo das pessoas.
O amor nos faz ver o lado positivo das pessoas.
Quem vê apenas o lado negativo dos outros cria um inferno para si próprio. Todas as pessoas têm o lado positivo e negativo, possuem qualidades e defeitos.
E, quando reparamos nos defeitos, estes parecem manifestar-se de modo mais acentuado.
(Taniguchi Masaharu – Livro: Assim se Concretiza o Amor )

De fato, todos nós temos qualidades e defeitos! Porque será que a maioria das pessoas reparam nos defeitos das outras, ao invés das qualidades? E, pior, criticam esses!

Todas as pessoas são maravilhosas, se soubermos olhá-las de modo correto. Tentar encontrar as qualidades das pessoas ao invés dos defeitos é um hábito muito bom, onde o maior beneficiado é si mesmo. Melhor ainda se a elogiarmos.

Devemos amar à todas as pessoas, reparar nas qualidades destas e assim, tendo bons pensamentos em relação a elas. Como consequência, receberemos também boas energias, bons pensamentos e pessoas boas aparecerão em nossas vidas, segundo a Lei da Atração.

Para explicar melhor esta lei, digo que somos todos um, parte de uma mesma essência de Luz perfeita (podem chamar de Deus, se quiserem!). Sendo assim, tudo o que fazemos para o próximo, na verdade, estamos fazendo a nós mesmos. Por isso, antes de criticar alguém, prepare-se para ser criticado. Caso não goste disso, então, evite fazê-lo para com o outro.

Esse é um dos significados de amar verdadeiramente!

Bom, vou encerrando por aqui!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!

[Saint Seiya] Corona no Saints/Cavaleiros da Coroa do Sol

Post escrito originalmente em 3 de setembro de 2015.


Boa noite, pessoal! Tudo certo? 🙂

Hoje farei mais um repost sobre o anime Saint Seiya (聖闘士星矢), de Kurumada Masami (車田正美), mais especificamente sobre os personagens exclusivos do filme “Saint Seiya Shinku no Shounen Densetsu” (聖闘士星矢 真紅の少年伝説), que pode ser traduzido como “Santo Seiya, a Lenda do Jovem Carmesim” conhecido no Brasil como “Os Cavaleiros dos Zodíaco, a Lenda dos Defensores de Atena“. O filme foi lançado pela TOEI, e dirigido por Yamauchi Shigeyasu (山内重保). Na verdade, apresentarei os três Cavaleiros antagonistas da série, chamados de Cavaleiros da Coroa do Sol (Corona no Saint/コロナの聖闘士), deixando o deus Abel para uma outra ocasião.

Corona no Saint
Corona no Saint – Montagem minha, com artes de Trident. O símbolo do sol é obra minha.

Esta “classe” de cavaleiros não está inclusa entre as patentes “bronze”, “prata” e “ouro”, dos Cavaleiros de Atena. É uma classe especial, que recebeu a proteção do deus Abel.

Sabe-se que, dentre as ditas 88 armaduras correspondente às constelações que protegem a deusa Atena, há uma contagem simbólica que determina a existência de 12 armaduras de ouro, 24 de prata e 48 de bronze, somando 84, restando 4 de patente indeterminada. Uma teoria criada por fãs dizem ser estas três armaduras pertencentes a esta classe “desconhecida”.

No entanto, como revelado em “GIGANTOMANQUIA“, apenas a armadura de Cabeleira de Berenice pertence a esta categoria. As três restantes são desconhecidas e todas elas possuem uma função específica. Além disso, o material de que elas são feitas são misteriosos, de coloração negra, que absorve a luz ao seu redor.

No jogo “Saint Seiya Online” foi revelada que a armadura de Retículo também pertence a esta patente desconhecida. Todavia, tempos depois, o jogo “mudou de ideia” e reclassificou esta como de prata.

Além disso, sabe-se que a armadura de Quilha também é pertencente à patente “prata” (como pode ser deduzido em “THE LOST CANVAS” (anime), já que as duas outras armaduras pertencente à antiga constelação gigante de Argo Navis são de prata também). E a armadura de Lince é, como visto em “EPISODE G” e “Omega“, pertencente à classe “bronze“.

Portanto, minha teoria é que o deus Abel utilizou armaduras normais de Atena e as converteu em Armaduras da Coroa (Corona Cloth/コロナの聖衣) com seu próprio poder.

1. Quilha | 竜骨座 | Ryuukotsu-za

Altas de Quilha | りゅうこつ座のアトラス | Carina no Atlas

りゅうこつ座のアトラス | Carina no Atlas | Altas de Quilha
りゅうこつ座のアトラス | Carina no Atlas | Altas de Quilha – Montagem minha, feita com artes de Trident.
  • Dublador original: Kamiya Akira (神谷明)
  • Dublador brasileiro: Luiz Antônio Lobue (Gota Mágica)/Armando Tiraboschi (Dubrasil)
  • Técnicas:
    1. Burning Corona (バーニング・コロナ) | Coroa Ardente
      * Coroa de Fogo na dublagem brasileira.

Seu nome é o mesmo do titã da mitologia grega, Atlas (Άτλας), embora o personagem não tenha nenhuma relação com este.

Aparentemente o mais forte dos três. Logo em sua primeira aparição, quando Saori apresenta Abel como seu irmão aos protagonistas, ele humilha Seiya de Pégaso, que se recusa a aceitar que Atena os estava descartando, dizendo que não precisa mais da proteção dos Cavaleiros de Bronze.

Logo após o “assassinato” de Saori pelas mãos de Abel, após esta se rebelar contra seu irmão, Atlas derrota Camus de Aquário e Shura de Capricórnio, junto com Berenike e Jao.

Seiya, ao sentir o despedir do cosmo de Atena, segue para o “Monte da Dignidade“, local proibido do Santuário, onde está o templo de Abel. Lá ele se depara novamente com Atlas que o derrota facilmente. Aliás, Seiya apanha feio do Cavaleiro de Quilha.

Depois de Ikki de Fênix salvar Shun de Andrômeda, na luta contra Aphrodite de Peixes, os dois são derrubados rapidamente pelo ataque de Atlas.

Posteriormente, ele enfrenta novamente Seiya, que recuperara sua confiança graças à Saga de Gêmeos, além de Shiryu, Shun, Hyoga e Ikki, derrotando todos rapidamente.

Quando a vitória de Atlas parecia certa, as armaduras de ouro de Sagitário, Libra e Aquário surgem para, respectivamente, Seiya, Shiryu e Hyoga. Os dois últimos atacam Atlas, que apesar de desviar, deixa uma brecha para Seiya derrotá-lo com o Cometa de Pégaso (Pegasus Suisei-ken/ペガサス彗星拳).

2. Cabeleira de Berenice | 髪座 | Kami-za

Berenike de Cabeleira de Berenice | かみのけ座のベレニケ | Coma no Berenike

かみのけ座のベレニケ | Coma no Berenike | Berenike de Cabeleira de Berenice
かみのけ座のベレニケ | Coma no Berenike | Berenike de Cabeleira de Berenice – Montagem minha, feita com artes de Trident e Marco Albiero.
  • Dublador original: Furukawa Toshio (古川登志夫)
  • Dublador brasileiro: Sérgio Moreno (Gota Mágica e Dubrasil)
  • Técnicas:
    1. Golden Death Hair (ゴールデン・デスヘアー) | Cabelos Dourados Mortíferos
      * Cabelos Dourados da Morte na dublagem brasileira.

Seu nome, na dublagem brasileira, é Berengue. Em alguns lugares é possível ver a tradução como “Berenice de Coma Berenices“, mas também não está correto, já que Berenice em japonês escreve-se assim “ベレニス” (berenisu).

Seu nome é uma mistura de “Berenice” com “kami no ke” (髪の毛), que significa “cabelo”. Bereni(ce) + (kami no) ke = “Berenike”.

No momento da apresentação de Abel por Saori aos Cavaleiros de Bronze, foi Berenike quem reapresentou os Cavaleiros de Ouro revividos por Abel.

Quando Abel “assassina” Atena, Camus e Shura se rebelam. Berenike ataca e vence o Cavaleiro de Ouro de Aquário.

Após Shiryu derrotar Deathmask de Câncer, Berenike ataca o Cavaleiro de Dragão pelas costas, derrotando-o facilmente.

Posteriormente, Hyoga, que é permitido a chegar perto de Abel, pois este queria que o Cavaleiro de Cisne construísse um esquife de gelo para Atena, recusa a proposta do deus maligno, tendo uma difícil luta contra Berenike.

Quando o orgulhoso Cavaleiro da Coroa do Sol revelou ao guerreiro de gelo sobre ter derrotado Camus de Aquário, mestre de Hyoga, este ficou furioso, reunindo forças para derrotar o terrível inimigo com a Execução Aurora (Aurora Execution/オーロラ・エクスキューション).

3. Lince | 山猫座 | Yamaneko-za

Jao de Lince | やまねこ座のジャオウ | Lynx no Jao

やまねこ座のジャオウ | Lynx no Jao | Jao de Lince
やまねこ座のジャオウ | Lynx no Jao | Jao de Lince – Montagem minha, feita com artes de Trident e Arman Virgo.
  • Dublador original: Mori Katsuji (森功至)
  • Dublador brasileiro: Cassius Romero (Gota Mágica e Dubrasil)
  • Técnicas:
    1. Shining Hell Claw (シャイニング・ヘルクロウ) | Garras Luminosas Infernais
      * Hércules Reluzente na dublagem brasileira.

Jao se apresenta, inicialmente, ao lado de Atlas e Berenike, quando Saori conta aos Cavaleiros de Bronze sobre seu irmão Abel, dizendo que não precisava mais dos serviços desses.

Após o “assassinato” de Atena por Abel, derrota Shura de Capricórnio, que se rebelou, em um ataque em conjunto com Atlas e Berenike.

Mais tarde, Saga de Gêmeos enfrenta Seiya de Pégaso, que estava desmotivado e desistindo de salvar Saori. O objetivo do Cavaleiro de Ouro era fazê-lo lembrar do Sétimo Sentido e da sua luta na Batalha das 12 Casas. No entanto, Saga fica ferido neste confronto.

Quando Seiya decide seguir em frente e enfrentar Abel, Jao surge e tenta impedi-lo. Porém, Saga o desafia, permitindo que Pégaso prossiga.

Pelo fato de Gêmeos estar ferido, ele empata com Jao. No final, Saga usa um ataque suicida que acaba por derrotar o Cavaleiro de Lince.

Bom, por hoje é só!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!