Família Ideal

Post escrito originalmente em 13 de maio de 2012.


Olá para todos! 🙂 Tudo bem?

No post de hoje, falarei sobre o que penso ser uma família ideal! Que, aliás, é o que sonho um dia sonhei em construir.

Família Ideal
Imagem retirada deste site.

Ao meu ver, o principal fator em uma família é a união! A amizade e confiança entre todos os membros desta. Isso implica em cumplicidade entre pais e filhos, ou seja, qualquer problema que surja na vida de qualquer um, poderá ser compartilhado e, juntos, poderão buscar uma solução.

Cada membro da família (pais, filhos e irmãos) devem se conhecer verdadeiramente. O interesse pelos gostos de cada um, conhecer os sentimentos e os sonhos um do outro. E, o apoio mútuo para que todos possam alcançá-los.

Pai e mãe devem se amar incondicionalmente, serem carinhosos um com o outro, inclusive na presença dos filhos, servindo de exemplo de como deve ser um casal. (Claro, carinhos moderados, sem intimidade na frente dos pequenos, né? ^.^).

Em relação à educação do filho, antes de tudo, deve-se dar muito amor e carinho às crianças, para que elas entendam que são amadas pelos pais, e que quando precisarem podem contar com eles. As broncas devem ser evitadas, e quando eles errarem, devem lhes ser chamado a atenção, mas nunca de forma brusca. É possível manter a autoridade sem precisar partir para a ignorância. Afinal, as crianças costumam espelhar-se nos pais, tomando tal atitude, é o mesmo que ensinar a intolerância, agressividade e embutir o medo nelas. O ideal é sempre explicar claramente, de forma séria e direta, o porque é errado, conversar e esclarecer as possíveis dúvidas desta. Agredir a criança, nem pensar!

Se um dia os pais se descontrolarem e se irritarem com os filhos, os pais devem se desculpar, abraçar a criança e dizer que as ama. O mesmo vale para os filhos, quando errarem com os pais, devem pedir perdão, e em ambos os casos, ele deve ser concedido.

Deve-se tomar cuidado para não ser superprotetor com os filhos, para que eles aprendam a se virar. Mas estar sempre atento em sua segurança. É preciso deixar a criança “quebrar a cara” tentando fazer, seja lá o que for (desde que seja algo construtivo), recebendo incentivo dos pais. Um conselho, uma dica ou um ensinamento são sempre bem-vindos também! Isso desenvolve a autoconfiança, muito importante para a vida desta. Ajudar sempre, ou fazer tudo pelo(a) pequenino(a), é o mesmo que dizer “você não é capaz de fazer isso, deixe-me ajudar/fazer por você”. E, quando ele(a) precisar fazer aquilo, terá dificuldades, pois o maior obstáculo ao tentarmos fazer algo é o medo de falhar/insegurança. E, se a criança falhar, deve-se animá-lo, dizendo que foi muito bem, reconhecendo o esforço, e incentivando para que ele(a) consiga numa próxima vez.

Antes de falar algo à criança, os pais devem entrar em consenso, para que não ocorra de o pai dizer uma coisa e a mãe o oposto. Quando isso ocorre, o(a) filho(a) fica confuso(a). E se isso for frequente, a criança acaba deixando de obedecer ambos, seguindo o que lhe der na telha.

O respeito deve prevalecer entre todos os membros da família! Se a mãe desrespeitar o pai ou vice-versa, na frente dos filhos, o moral do desrespeitado para com os filhos diminui, e se isso acontece, as crianças passam a não confiar nem respeitar este. Isso desestabiliza a harmonia no lar.

Deve-se sempre cuidar para que os pequenos cresçam com um bom caráter, pessoas de respeito, porém, preparadas para enfrentar este mundo com dignidade e honestidade.

Durante as refeições, todos devem conversar alegremente! Nada de assistir TV enquanto comem. Com o ritmo dos dias de hoje, as horas das refeições são um dos poucos momentos em que a família se reúne, portanto, é essencial a família dialogar e se divertir neste momento.

Apesar disso, acredito que os familiares deve sempre se esforçar para passarem o máximo de tempo juntos! Seja um momento a dois do casal, seja pai e filhos, ou mãe e filhos… mas, o ideal, é a família toda junta! Deve-se dialogar sempre que possível! Em uma família ideal nunca se tem receio de falar, pois, por haver confiança, todos podem dizer o que sentem, sem medo ou vergonha!

Um de meus sonhos é formar uma família mais ou menos assim, o que considero ser uma família ideal! 🙂 (meu sonho).

Bom, por hora é só!

E nunca se esqueçam! O maior de todos os tesouros são os seus sonhos!

Abraços!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s